Escolha-do-nome-800x300

Você sabe de onde vem nosso nome?

Olá gente linda,

O assunto de hoje é bem curtinho, prometo!
Muitas pessoas tem me perguntado sobre a origem do nome BANTU, atendendo aos curiosos de plantão, assim como eu, vou explicar cada detalhe.
Deixando claro que não sou nenhuma especialista (AINDA) em história africana e afro-brasileira, entendendo isso, novas visões e conceitos são super bem vindos  e você pode deixar lá embaixo nos comentários. 😉

 

 

 

Gente, quem já tentou criar um nome para alguma coisa, sabe que é uma decisão muito difícil.
No meu caso é igual nome de filho, tentei pensar em algo pra vida, afinal a marca passou por um período de gestação como um filho mesmo.

como-escolher-nomes-de-bebes
Nesse cenário me orientei na escolha do nome, nos seguintes fundamentos:
Força, de fácil pronúncia, nome curto, com referência africana e que carregasse significado.

Cheguei a uma escolha baseada no entendimento, confesso que romantizado, de uma associação diaspórica entre o termo e nossos conceito.

“Bantu (Ba-Ntu) é uma denominação etno linguística, é um termo semelhante a “Latinos”, “nórdicos” ou mesmo “anglo-saxões”.
“Ba” é um prefixo coletivo e “ntu” quer dizer, simplesmente ” gente”, “ser humano” ou seja, Bantu é um termo genérico para definir os grupo humanos que habitam do centro do continente africano para baixo, povos que têm, supostamente uma origem milenar comum, principalmente traços linguísticos…”

fonte: http://ilabantu.inzotumbansi.org/a-denominacao-bantu-por-antonio-jose-do-espirito-santo/

 

Na minha visão romantizada, a língua falada por alguns povos denominada bantô ou bantu ao chegar no Brasil se torna a marca de um “povo”, colocam todos no mesmo caldeirão e todos se tornam iguais. 

 

A simbologia ou logomarca, pensei na mensagem que eu queria transmitir,  usei como base um símbolo adinkra, utilizado como um sistema de códigos que transmitem ideias.
Cada símbolo está associado a um provérbio ou ditado específico, enraizado na experiência dos akan, grupo cultural presente no Gana, Costa do Marfim e no Tongo.

Escolhi o BOA ME NA ME MMOA WO ” Ajuda-me e deixe-me ajudá-lo ” – símbolo de cooperação e interdependência, além da símbolo estar super de acordo com os nossos valores, ele parece uma silhueta com os dois extremos diferentes que “se abraça”.

 

Nossa ela me diz tanta coisa, penso na mulher, na representatividade, na liberdade se ser o que se quer, na diferença, na conectividade, aceitação, posso enumerar várias outras coisas…

 

Que tal começarmos a trabalhar juntos o espírito da Bantu e fazer um joguinho???
Conta pra gente, o que nosso logo (símbolo) te transmite? cropped-13443127_876114272493245_5739661386634319869_o-1.jpg

 

Aguardo ansiosa,

Beijos 

Deixe uma resposta