Rafaela Silva

Parabéns, Rafaela Silva!!

Rafaela Silva

Vivendo a história! Mais uma mulher negra entra para a história! Mais uma heroína! E dessa vez, nem precisaremos ir ao passado!

 

Parabéns, Rafaeeeelaaaaaaaa!!!

 

Coincidentemente, minha estreia aqui foi com um texto que colocava a questão da pouca importância dada a mulheres negras que se destacaram na sociedade, por parte da história brasileira. Comentei que a população negra, sobretudo as mulheres, precisavam buscar na historiografia exemplos que mantivessem nossa autoestima e representatividade.

Pois bem…eis que essa semana, 08 de Agosto de 2016, primeiros dias dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a judoca Rafaela Silva entra para a história como a primeira pessoa a conquistar medalha de ouro para o Brasil nesta edição. Também entra como a primeira mulher negra a conquistar tal feito.

O feito dela se torna muito importante pela questão da representatividade, pela questão do empoderamento e pela da superação. Uma volta por cima incrível, depois de ter passado momentos difíceis no ano de 2012, no Mundial de Judô, de 2012 em Londres. Nesta competição, a atleta foi desclassificada após golpe ilegal e como se não bastasse a decepção da dor da derrota, ainda foi vítima do racismo na redes sociais, mais especificamente no Twitter.

“Macaca”, “Volta para a jaula”, entre outros absurdos que não merecem ser repetidos, foram proferidos para a judoca. E mesmo em um momento tão difícil, a atleta já demonstrou a sua força: embora não tenha sido da forma mais elegante, Rafaela revidou as ofensas, não se deixando abater. 4 anos depois, a atleta mais uma vez mostra sua força, conquistando a medalha e servindo de referência para milhares de meninas negras que não se veem representadas em novelas, capas de revistas, programas de reality show, mas que no esporte puderam ver e sentir a força da mulher negra brasileira.

E verificar a história de Rafaela Silva também é muito válido. Suas origens remontam a histórias que já ouvimos falar, mas que se repetem: negra, pobre, moradora da Favela Cidade de Deus, através do judô teve uma chance que infelizmente nem todos possuem!

Parabéns e muito obrigado de todos os Silvas do Brasil, Rafaela!cropped-13443127_876114272493245_5739661386634319869_o-1.jpg

 

Deixe uma resposta