Coleção Majestade Tereza de Benguela

Coleção Majestade Tereza de Benguela II
Coleção Majestade Tereza de Benguela II
Da direita para a esquerda: Vestido Libertação - Regata Estampada - Saia Livre Majestade - Vestido Upclycling - Cropped estampada - Short Saia Diversidade.Copyright: Copyright 2017. Todos os direitos reservados.
« 1 de 33 »
Coleção Majestade Tereza de Benguela I
Coleção Majestade Tereza de Benguela I
Manto Coroado - Saia Livre Majestade
« 1 de 24 »
Majestade Tereza de Benguela na Folia!
Majestade Tereza de Benguela na Folia!
« 1 de 20 »

Nossa primeira história fala sobre Tereza de Benguela (ou do Quariterê), que tem sua memória celebrada no dia da mulher negra latino americana e caribenha em 25 de Julho.

Não se sabe ao certo seu local de nascimento, acredita-se que Tereza fazia parte da realeza em Angola, mas foi capturada, comprada e trazida como mercadoria ao Brasil.
Tereza não se rendeu a exploração e fugiu. Graças à sua habilidade cartográfica, foi guiada por um mapa deixado por seu parceiro, José Piolho, e conseguiu chegar ao seu encontro para juntos, posteriormente, fundarem o Quilombo do Quariterê. Tereza e José se conheceram durante o trabalho escravo. Foram exemplo de igualdade na liderança entre negros e índios que faziam parte do grupo.
Após o falecimento de José, Tereza assume a liderança do quilombo, que contava com um parlamento, um conselho da rainha e um sistema de defesa com armas trocadas com os brancos ou roubadas de vilas próximas. O Quilombo do Quariterê caracterizava-se pelo uso da forja, transformando em ferramentas de trabalho os ferros que outrora foram usados contra os negros. Mantinham uma agricultura desenvolvida de algodão e alimentos, possuíam teares com os quais fabricavam tecidos, dominavam técnicas de cestaria, produção de mel e comercializavam o excedente de produção.

Nos inspiramos na vida dessa mulher que foi rainha principalmente em sua trajetória como ex-escravizada, liderando a comunidade por duas décadas, até 1770.
Líder, guerreira, esposa, administradora, comerciante, mãe, e múltipla! Como eu e você, mulheres atuais que buscam enxergar, resgatar, reconstruir e reafirmar nossa essência.
Em sua história profunda, enxergamos representatividade, valor, organização, força e potência ancestral, igualdade de gênero e raça, o UBUNTU em essência mais pura.
Tereza mostra que com fé nos nossos sonhos, podemos ser mais fortes e transformar nossas histórias. Basta acreditar e compartilhar essa força, juntas.

Na coleção “Majestade Tereza de Benguela”, criamos peças que mesclam conforto, praticidade e sensualidade. Para os dias de trabalho, praia e cerveja com amigos, roupas e acessórios nada óbvios que te acompanham em vários momentos e te levam onde você quiser!

Afinal: “Sua pele carrega HISTÓRIA, nossa roupa ILUSTRA.” cropped-13443127_876114272493245_5739661386634319869_o-1.jpg

Na BANTU nosso corpo é um manifesto.

Renata Pedro